TEXTOS | Ride Or Die

terça-feira, 01 outubro 2013 por

“As pessoas não tinham muita coisa interessante para contar. A vida delas era tão desinteressante quanto as palavras. Eu sempre procurei alguém diferente, mas tudo era igual, tudo era tão insípido. Por isso quando eu te encontrei, tudo mudou.
Todo mundo se importava tanto com moral, ética, em ser bom…E você simplesmente não estava nem aí,

Tagged under: ,

TEXTOS | Put The Radio On

terça-feira, 24 setembro 2013 por

“Olhava o relógio impacientemente, nós não poderíamos nos ver por muito tempo, era tão injusto. Por que não poderíamos viver uma aventura juntos? Não que estar com você não fosse uma viagem alucinante, porém eu queria algo em que nós dois pudéssemos fazer parte, não apenas eu.
Eu tinha tanto medo de te perder, e ao

Tagged under: ,

Hit and Run é uma das não frequentes músicas rápidas de Lana Del Rey. Composta por uma melodia dançante e uma letra ávida, a canção em si possui um marcante tom de poder.
A faixa fala sobre dinheiro e poder, citando grandes metrópoles, objetos e palavras que indicam luxo. Mas para sobreviver nesse mundo glamouroso, o casal

Tagged under: ,

TEXTOS | Damn You

terça-feira, 20 agosto 2013 por

“Acordei com o celular tocando desesperadamente ( às 3 da manhã, qualquer ligação parece desesperada), olhei e era seu número. Suspirei; obviamente eu ainda te amava, mas eu estava cansada. De todo seu jogo, de você não saber se me amava ou não. Por isso fui embora. Ou pensei que fui.
Sua voz estava lenta, enrolada

Tagged under: ,

TEXTOS | Dark Paradise

terça-feira, 13 agosto 2013 por

“Quando você se foi, por que não me levou junto? Você também poderia ter levado as lembranças junto…
Estava sentada sozinha e nossa música ficava repetindo sem parar; não sabia dizer se era no rádio ou na minha cabeça.
Você foi tão egoísta! A gente era muito feliz, não era?
Tudo parecia colorido e parecia que nada conseguiria

Tagged under: ,

TEXTOS | Carmen

sexta-feira, 09 agosto 2013 por

“Cheguei tropeçando em meus próprios sapatos de salto alto.
Não sei como entrei em meu apartamento, mas entrei.
Meu vestido era de franjas e vermelho. Combinava com o delineador de gatinho e o batom da mesma cor, eu acho.
Olhei-me no espelho. O espelho não conseguia mentir, mesmo que eu conseguisse. Ele só falava verdades, e eu era

Tagged under: ,

On Our Way, apesar de possuir uma melodia bastante diferenciada do suposto padrão Del Rey, não se afasta muito do mesmo no quesito letra. A canção fala sobre amor e liberdade, mostra um relacionamento onde o sentimento faz a personagem se sentir finalmente livre, libertando-a de qualquer preocupação ou melancolia.
No início da música Lana faz

Tagged under: ,

TEXTOS | National Anthem

terça-feira, 06 agosto 2013 por

“Dei uma última olhada no espelho antes de entrar na festa. Eu tinha colocado minha melhor roupa apenas para ele.
Entrei, e era igual as outras festas que ele dava: regada à álcool, dinheiro e mulheres lindas.
Onde ele estava? Como sempre, ele era o centro das atenções, a festa sendo sua ou não. Perto dele eu

Tagged under: ,

Serial Killer, uma das minhas preferidas da Lana Del Rey, é uma canção bem clara tanto na letra como na melodia. A música se trata de uma mulher que faz, diariamente, homens ficarem loucs de amor por ela e depois os deixa. Ela se compara com um Serial Killer, por seguir sempre uma sequência ininterrupta

Tagged under: ,

TEXTOS | Queen Of Disaster

sexta-feira, 02 agosto 2013 por

“Era mais uma festa cheia de almas vazias, e eu era uma delas preenchendo o vazio com shots de tequila. Quando caí no sofá vermelho, vendo tudo girar, vi você. Passei a mão no meu cabelo, mas acho que baguncei ainda mais. Sorri e fui retribuída.
Assim que nos conhecemos. Você disse que eu não era

Tagged under: ,
TOPO