Em recentes entrevistas, Lana Del Rey atestou ser “Honeymoon” o seu álbum mais emocional. De cunho pessoal, a cantora afirmou que o álbum possuía aspectos mais intensamente autobiográficos do que seus antecessores, o que nos deixou ansiosos por descobrir um pouco mais da alma da cantora por meio das composições de seu novo álbum de

Foi em janeiro de 2015 que Lana Del Rey anunciou ao mundo o nome de seu quarto álbum de estúdio, “Honeymoon”. Após alguns meses, indícios demonstravam que Lana estava extremamente envolvida em seu novo trabalho: na rede social Instagram surgiu misteriosamente uma conta com o nome de “Honeymoon” e os dizeres “Welcome to my dark

Bem, “Pawn Shop Blues” é uma das músicas mais significativas para mim, pois retrata momentos verdadeiramente escuros da vida de Lana e com os quais eu consigo me conectar bastante. É uma música realmente crua, e a primeira versão que temos é de 2006, de quando Lana participou da Williamsburg Live Songwriter Competition (WLSC) e,

Sempre tem aquela música de outro cantor que ouvimos e pensamos “Isso é muito Lana Del Rey, é a cara dela escrever isso!” Seja uma canção que trata de amor, de desejo ou liberdade, por vezes conseguimos sentir a alma de Del Rey transitando entre composições de outros artistas! Do rock, passando pelo pop, indo

TOPO