ANÁLISE | Love – Uma ode à juventude

segunda-feira, 20 fevereiro 2017 por

Depois de um curto período afastada da música, o que para nós fãs pareceu um período sem fim, Lana Del Rey está de volta! A bola da vez é a romântica canção “Love”, que soa um pouco diferente do que estamos acostumados a ouvir de Lana, mas que continua sendo maravilhosa.

Logo nos primeiros acordes é

Tagged under: ,

O vídeo para “Music to Watch Boys to” foi uma verdadeira saga, desde que Lana começou a concepção de seu novo álbum Honeymoon, logo assim que Ultraviolence fora lançado, passando pelos modelos que participaram do clipe que começarem a dar com a língua nos dentes sobre a produção, até finalmente a arte conceitual ser revelada,

High by the Beach inicia com uma sonoridade nova na carreira de Lana Del Rey, que geralmente utiliza os mesmos recursos de formas diferentes, o de hélices cortando o ar calma e ritmicamente. Então Lana entoa um mantra distorcido de: “high, high, high”. Esse é apenas um dos sinais em “Honeymoon” que indica porquê esse é seu

Há alguns dias, Lana lançou seu mais novo vídeo, e nos pegou desprevenidos mais uma vez. Toda sua estética está presente, seus filtros, a filmagem que dá um tom de amadora, seus vestidos já clássicos, suas músicas, uma arma (essa é novidade!) e as referências aos grandes clássicos do cinema. Apesar de ser uma canção

TEXTOS | Seis meses sem Ultraviolence

quinta-feira, 30 julho 2015 por

Creio que quando idolatramos algo, somos fanáticos por algo, nos tornamos parciais a favor do nosso ídolo. E parcialidade nunca é algo bom, na minha opinião. Decidi então fazer uma experiência: passar seis meses sem escutar Lana Del Rey, ou mais precisamente, o álbum Ultraviolence, que considero seu pico artístico até então. Mas… Por quê?

Tagged under:
TOPO