Put Me In… Covers | 20 canções de outros artistas interpretadas por Lana Del Rey – Parte 2

por / terça-feira, 12 janeiro 2016 / Publicado emColunas, Put Me In

Covers pmi parte 2

Após 10 covers de tirar o fôlego na parte 1 da nossa coluna, seguimos com mais 10 covers incríveis feitos pela Lana! Preparados?


10 – Some Things Last A Long Time (Daniel Johnston Cover)

Lana Del Rey surpreendeu a todos quando anunciou em seu Instagram que estaria na trilha sonora do documentário “Hi, How Are You, Daniel Johnston“. A música agradou a crítica especializada, chamou a atenção da revista Rolling Stone que comentou que “para o cover, Del Rey oferece um desempenho contido que diverge de seu típico desempenho mais sensual, sendo uma abordagem noir semi-exagerada. Sua versão também substitui o piano original de apoio por guitarras e bateria, dando a música um som ainda mais completo.” Saiba mais aqui e aqui.

 

9 – Once Upon A Dream (Sleeping Beauty Cover)

Numa versão bem mais sombria que a original, Lana regravou esse clássico da Disney a pedido de Angelina Jolie, protagonista de Maleficent, para ser a trilha sonora central da trama que reconta a história d’A Bela Adormecida sob a perspectiva da vilã, Malévola.

 

8 – Knockin’ on Heaven’s Door (Bob Dylan Cover) (Live)

Durante a Paradise Tour, em 2013, Lana cantou o clássico Knockin’ on Heaven’s Door de Bob Dylan em alguns dos shows logo após Without You. Tudo bem que a música já foi regravada por Guns N’ Roses, Pink Floyd e até Avril Lavigne, mas essa versão ao vivo de Lana ficou tããão mais encantadora!

 

7 –  Goodbye Kiss (Kasabian Cover)

Em sua passagem pela BBC Radio 1 em 2012, Lana Del Rey foi convidada a realizar um cover (como é de costume aos artistas que são entrevistados na rádio) e escolheu Goodbye Kiss, da banda Kasabian, para sua performance no Live Lounge. E ela não poderia ter escolhido melhor! Só eu fico todo arrepiado com essa versão? Sim, só eu, a diferentona.

 

6 – Heart Shaped Box (Nirvana Cover) (Live)

Além de Knockin’ on Heaven’s Door, Lana também cantava Heart Shaped Box do Nirvana em alguns shows da Paradise Tour. A versão é, inclusive, uma das músicas em que mais podemos observar a extensão musical de Lana! Seria pedir demais por uma gravação em estúdio? #Volta2013

 

5 – Why Don’t You Do Right (Peggy Lee Cover) (Live)

Mas se vocês pensaram que só na Paradise Tour rolavam covers bacanas, se enganaram… Durante a Endless Summer Tour, Lana arrasou cantando Why Don’t You Do Right, famosa na voz de Peggy Lee. Lana, no entanto, cantou a mesma versão que a personagem Jessica Rabbit canta no filme “Uma Cilada para Roger Rabbit”. O mais difícil é escolher qual a versão mais sexy: Del Rey ou Jessica? Uma pena a turnê não ter passado por aqui…

 

4 – Chelsea Hotel No 2 (Leonard Cohen Cover)

Lana pegou os fãs de surpresa em 2013 quando lançou, não só o cover para Chelsea Hotel de Leonard Cohen, como também um clipe para a música. Ela capturou a melancolia da canção numa produção simples com filtros retrô característicos de seus vídeos anteriores. A bela composição conta a história do romance entre Leonard Cohen e a excêntrica Janis Joplin, lá nos tempos de ouro do rock and roll. Pausa para suspirar…

 

3 –  Summer Wine (with Barrie-James O’Neill) (Nancy Sinatra Cover)

Se você ainda não superou o fim do relacionamento entre Lana Del Rey e Barrie James O’Neil, cuidado, esse clipe é perigoso! Gravado em uma antiga casa da cantora com o famigerado filtro retrô, Lana e Barrie dão um show de fofura nesse cover lindo <3

 

2 – The Other Woman (Nina Simone Cover)

The Other Woman foi a forma perfeita de encerrar o aclamado álbum Ultraviolence. A música, que conta a história de uma amante, se encaixou perfeitamente aos vocais da cantora. Vale exaltar que, enquanto a versão original de Nina Simone parece contar a história da amante pelo ponto de vista da esposa traída, a versão de Lana — apesar de ter a mesma letra — parece simbolizar o ponto de vista da outra mulher, isso só com sua linda voz quebrada. Ah, que interpretação!

 

1 – Don’t Let Me Be Misunderstood (Nina Simone Cover)

Lana repetiu a fórmula do Ultraviolence e encerrou seu último álbum, Honeymoon, com um outro cover de Nina Simone. A música da vez foi Don’t Let Me Be Misunderstood e parece ser uma resposta às polêmicas em que ela se envolveu por causa da mídia ao longo de sua carreira. Tão mal compreendida; no entanto, foi assim que Lana foi, aos poucos, ganhando nossos corações.

 

Bônus – Wonderwall (Oasis Cover)

E não poderíamos deixar de citar esse cover sensacional feito em um outro show da banda Camp Freddy,  em que Lana foi convidada a repetir a parceria (ela já havia cantado Roadhouse Blues da banda The Doors, de que falamos na parte 1 da coluna) e cantar a clássica e amada música Wonderwall da banda Oasis. QUERO!

 

E você pensa que acabou? Pois não acabou não! Em nosso media center você pode baixar todos os covers (que não estejam disponíveis em serviços de stream ou que não tenham sido lançados oficialmente). Acesse!

 

Por Mateus Santana
Colaboração de Giovanni Luckmann e Raphaella Paiva

Mateus Santana
Mineiro, escorpiano, estudante de engenharia. Não é muito bom com as letras (a não ser que elas estejam em uma equação), mas se arrisca a escrever algumas coisas bem-humoradas às vezes. Tradutor e redator do LDRA nas horas vagas
TOPO