Put Me In… Covers | 20 canções de outros artistas interpretadas por Lana Del Rey – Parte 1

por / segunda-feira, 11 janeiro 2016 / Publicado emColunas, Put Me In

Covers pmi

Quando o assunto é música, Lana Del Rey nunca decepciona. Além de compor maravilhosamente, a cantora se arrisca em versões suas de músicas de outros artistas. Seja ao vivo ou em um estúdio, o resultado sempre é excelente. Relembre ou descubra a seguir, em uma versão estendida da Put Me In que você já conhece, 20 covers feitos pela nossa Lana!


 

20 – Happiest Girl In The Whole USA (Donna Fargo Cover) (Live)

Em uma versão superfofa, de quando ainda nem era famosa, Lana interpreta esse sucesso dos anos 70 da cantora norte-americana de pop-country Donna Fargo. Não dá pra assistir sem soltar um “AWWNN”.

 

19 – I Love Paris (Ella Fitzgerald Cover) (Live)

Honrando seu gosto pelo jazz, Lana Del Rey fez um cover exclusivo de I Love Paris — famosa na voz da consagrada Ella Fitzgerald nos anos 50 — para os fãs de Paris durante a Paradise Tour, em abril de 2013. Já quero um I Love Brazil!

 

18 – Moi Je Joue (Brigitte Bardot Cover)

Numa versão tão boa quanto a original em francês da famosa atriz e cantora Brigitte Bardot, Lana interpreta Moi Je Joue cheia de doçura.

 

17 – Roadhouse Blues (with Camp Freddy) (The Doors Cover) (Live)

Em dezembro de 2012, Lana cantou Roadhouse Blues da banda The Doors, que levava como vocalista o excêntrico Jim Morrison. Ao performá-la num show da antiga banda de rock Camp Freddy, o público foi à loucura! Mas com uma performance dessas, quem não iria?

 

16 – The End of the World (Skeeter Davies Cover) (Live)

Ainda como Lizzy Grant, Lana se apresentou em 2008 com um cover da belíssima The End Of The World de Skeeter Davies, cantora de pop-country norte-americana. Alguém tem uma máquina do tempo que nos leve pros anos 60?

 

15 – Iron (with Woodkid) (Live) (Woodkid Cover)

O músico Woodkid se uniu a Lana Del Rey em outubro de 2011 para cantar sua música Iron ao vivo. E a combinação deu super certo.

 

14 – Smile (Charles Chaplin Cover) (Live)

Durante a divulgação do álbum Honeymoon, Lana Del Rey passou por várias rádios e em uma delas cantou maravilhosamente bem um trecho de Smile, canção originalmente instrumental composta por Charlie Chaplin com letra de John Turner e Geoffrey Parsons, famosa na voz de Nat King Cole nos anos 50 e, mais tarde, regravada por Michael Jackson. Prepare-se para ter eargasms com a versão da Lana!

Quando perguntada pelo locutor da France Inter sobre uma música que vinha a ela, ela respondeu:

Nós temos uma tradição nesta estação. Basicamente, pedimos a cada músico que vem aqui para cantar um pouco de algo, algo que vem a eles. Uma canção que eles têm viva dentro de si. Talvez a canção que você mais ouviu. Qual é a sua?
Eu tenho uma música que costumava cantar em todas as minhas audições. Eu nem sei se eu sei qual o ritmo dela. Era chamada de ‘Smile’.

 

13 – Big Spender (with Smiler) (Sweet Charity Cover)

Lana Del Rey e o rapper Smiler arrasaram nesta versão moderna de Big Spender! A música foi escrita originalmente para o musical Sweet Charity de 1966. A nova versão tem um rap destruidor e o vocal super intenso de Lana, vale a pena o play.

 

12 – Cry Me a River (Ella Fitzgerald Cover)

Lana mais uma vez cantou uma música da diva do jazz Ella Fitzgerald e não decepcionou. Cry Me A River, lançada na voz de Ella em 1961, combinou perfeitamente com Lana, mas a canção não foi lançada. Mesmo assim, ela caiu na internet no ano passado para o deleite dos fãs.

 

11 – Blue Velvet (Tony Bennett Cover)

A convite da marca de roupas H&M, da qual Lana foi modelo e estrelou uma campanha em 2012, a cantora regravou o clássico Blue Velvet de Tony Bennett, ainda mais famosa por ser a canção-tema do filme de mesmo nome do cineasta David Lynch. A versão ficou tão boa que acabou integrando o relançamento do seu primeiro álbum, Born To Die – The Paradise Edition.

 

Por Mateus Santana
Colaboração de Giovanni Luckmann e Raphaella Paiva

Conheciam todos esses covers? Espero que tenham gostado da primeira parte da lista! Confira a parte 2 clicando aqui, com mais 10 covers maravilhosos pra vocês.

Mateus Santana
Mineiro, escorpiano, estudante de engenharia. Não é muito bom com as letras (a não ser que elas estejam em uma equação), mas se arrisca a escrever algumas coisas bem-humoradas às vezes. Tradutor e redator do LDRA nas horas vagas
TOPO