Put Me In… What? | 10 motivos pelos quais Lana Del Rey é a reencarnação de Maysa

por / domingo, 11 janeiro 2015 / Publicado emColunas, Put Me In

IMAGEM POST LDRAa

Dada a repercussão do especial exibido pela Rede Globo, “Maysa – Quando fala o coração“, na última sexta-feira, vimos muitos fãs no nosso grupo e redes sociais falando das semelhanças entre Lana e a cantora. Então pensamos… E se uma fosse a reencarnação da outra? Com muito bom humor, demos 10 motivos para você considerar essa possibilidade.

Confira a lista e veja se concorda conosco:

10 – Ambas usam o mesmo penteado e maquiagem

00000

Ah, esses penteados antigos… Lana com certeza sabe preservar a boa cultura dos anos 60 e o cabelo estilo “colmeia” não é diferente! Alto, bufante, a cara da riqueza e um estilo que nunca morre. E a make? Delineador, sombras de cores fortes e côncavo bem marcado são a cara da época que Maysa deixava todo mundo embasbacado por sua beleza e que Lana também adora relembrar – com esses olhos penetrantes e esverdeados que ambas têm, fica ainda mais perceptível a semelhança física entre elas. As garotas e as gueis desmunhecadas vão me entender.

 

9 – Adoram a Europa

0108

Acha que ser reencarnação é para os fracos? Claro que não, principalmente quando, em sua vida anterior, você amava viajar por toda a Europa! Maysa nunca perdia uma turnê pelo continente e ainda viajava para lá quando estava de férias, assim como Del Rey. Paris, Madrid, Veneza… E quem sabe dar uns pegas no marido da ricaça que a convidou para se hospedar em sua mansão? Maysa sabe do que estou falando (rç rç).

 

8 – Dirigem para espairecer

0110

“I just riiiiide” nunca fez tanto sentido! Em inúmeras canções e entrevistas, Del Rey não esconde sua paixão pela estrada, principalmente quando está cheia de problemas e vê o carro como sua única forma de espairecer. Maysa era amante da mesma coisa, principalmente quando chegava do hospital loucona e ligava o “foda-se” ao pegar a chave do carro e colocar a cabecinha pra ventilar.

 

7 – As duas cantam muito bem ao vivo, e sambam!

02

Não no estilo literal, é claro, duvido que a Lana saiba mexer aquelas pernas delícias ao ritmo do samba (Gringos), mas que tanto ela quanto Maysa arrasam quando cantam ao vivo, isso é fato! Seja em notas altas ou baixas, profundas ou suaves… ambas dão muito bem conta do trabalho. Deem só uma espiada.

   
 

6 – São ícones da moda

0103

Maysa era porra louca mesmo e adorava provocar na imprensa, aparecendo com as pernas de fora (naquela época era pior que essas roupas das periguetes de hoje), mas nem por isso lançou essa moda. Os vestidos lindíssimos de cintura marcada, as mangas boca de sino e as joias caríssimas a colocaram no topo da moda brasileira – e Lana adora relembrar tudo isso, abusando de um estilo digno de Maysa, porém com as pernocas gostosas de fora, sempre sendo marcada por revistas fashion como estilos a se copiar.

 

5 – Falam o que pensam


Maysa que o diga! Ela comumente era censurada na televisão, dava o que falar nos tabloides e deixava todo mundo de queixo caído com seus palavrões e a sinceridade aguda. Lana é mais discreta, mas não é feita de boba não, falando um “shut up” pra entrevistadores chatos pra caralho e brigando com os seguranças que tentam afastá-las de seus fãs: “Let me fucking do what I’m fucking doing!”.

lana

 

4 – Tiveram problemas com álcool


Não é novidade pros fãs da Lana que sabem o quanto ela sofreu com o álcool na adolescência, dizendo em entrevistas que foi uma época muito difícil em que ela preferia a bebida ao estar com pessoas que amava. Ela se reabilitou e está limpa há quase 10 anos, participando inclusive de trabalhos comunitários e algumas reuniões do AA. Maysa, no entanto, não foi tão bem – principalmente por ter vivido numa época em que pílulas e álcool não eram considerados realmente graves –, sendo uma grande vítima da bebida.

 

3 – Aaaamam “daddies”

000001

Mas pra quê ficar no assunto sério? Maysa e Lana… Duas lolitinhas que adoravam homens mais velhos. Dona Maysa que se casou com um homem anos mais velho quando ainda era uma adolescente, com direito a olhares safados e lábios provocantes para conquistar seu alvo, sim! Já Lana não esconde seu amor pelos daddies em suas canções e seu amor pelo livro Lolita, mas disso vocês já sabem (e compartilham do mesmo gosto que eu sei, danadinhos).

 

2 – Fumam até demais

0107

Para compensar a bebida, Lana diz que se tornou uma viciada em café e cigarros – que, embora ela tente parar, acaba sempre voltando –, parando no meio de seus shows com um sorrisinho para os fãs ao acender um cigarro e dar uma boa tragada entre uma canção e outra. Sexy da mesma forma era Maysa, que abusava do tabaco também durante seus concertos, iluminando o palco em um misto de luzes misteriosas e fumaças lúbricas.

 

1 – Têm composições extremamente parecidas


Ah, o maior talento de ambas… Suas canções entristecidas, cantando amores melancólicos, traições, paixões e aquele amor maldoso que só as fazem sofrer.
Músicas de tons sombrios, vozes graves, aquele timbre intimista que o faz pensar se aquela voz está ao seu lado, contando seus segredos mais íntimos em uma noite escura de solidão. Mas não se deixe enganar, almas quebradas são presenteadas às melhores pessoas.
Veja algumas comparações:

 Maysa – Hino ao Amor:

Se o destino então nos separar

Se distante a morte te encontrar

Não importa, querido

Porque morrerei também

 

Lana Del Rey – Dark Paradise:

Sua alma está me assombrando e me dizendo

Que tudo está bem

Mas eu queria estar morta

Toda vez que eu fecho meus olhos

É como um paraíso sombrio

Ninguém se compara a você

Estou com medo de você não estar me esperando do outro lado

Maysa – Eu Não Existo Sem Você

Assim como o oceano só é belo com o luar

Assim como a canção só tem razão se se cantar

Assim como uma nuvem só acontece se chover

Assim como o poeta só é grande se sofrer

Assim como viver sem ter amor não é viver

Não há você sem mim e eu não existo sem você

 

Lana Del Rey – Without You

Olá? Olá? Você pode me ouvir?

Eu posso ser sua boneca de porcelana se você quiser me ver cair

Garoto, você é tão incrível, seu amor é mortal

Diga-me que a vida é bela

Todos eles acham que eu tenho tudo

Eu tenho nada sem você

Todos os meus sonhos e todas as luzes significam nada sem você

Maysa – Tema de Simone

Se vou falar do meu cabelo longo

É bom saber se é moda morrer tão de repente

Ou se é melhor parar pra fazer hora

 

Lana Del Rey – Never Let Me Go

Porque, baby, nós nascemos para viver rápido e morrer jovem

Nascemos para sermos mal, nos divertir

Querido, você e eu podemos ser um

Maysa – Bom Dia, Tristeza

Se chegue tristeza, se sente comigo aqui nesta mesa de bar

Beba do meu copo, me dê o seu ombro que é para eu chorar

Chorar de tristeza tristeza de amar

 

Lana Del Rey – Bad Disease

Há um medo que eu tenho, um pressentimento muito ruim

Estou acabada se descobrir, vou ficar triste

Tento chorar pelos pensamentos na noite,

Oh, eles me fazem pensar se seria mais feliz apenas bebendo

Maysa – Mean to Me

Parece que você ama me ver chorando

Eu não sei porque fiquei em casa

Toda noite quando você diz que vai telefona

Você não telefona e eu fico sozinha

Cantando blues e suspirando

 

Lana Del Rey – Ride

Cantar blues tem ficado velho

Você pode tomar todo o meu tempo, baby, quente ou frio

Não me machuque

Duas mulheres que movimentaram o mundo da música, deixaram e continuam deixando sua marca de ser o que verdadeiramente é. Divas, ricas, talentosas, lolitinhas e… por que não reencarnações? Lana e Maysa estão cada vez mais ricas, elas são poderosíssimas!

 

Raphaella Paiva
Escorpiana, 20 anos. Estudante de Letras - Português pela Universidade Federal de Goiás, escritora em pré-contrato e uma beatnik nascida na época errada. Descobriu Lana Del Rey em 2011 quando Video Games roubou seu coração, tornando-se uma tradutora, redatora e colunista que adora um teste do sofá no Addiction. Cinéfila que também ama jazz e blues, Pink Floyd, Arctic Monkeys, Kristen Stewart, Marilyn Monroe e qualquer coisa escrita ou filmada por Woody Allen.
  • Marília

    Socorro, Rapha! huahuahuahauhau ameeei

  • laisy francielly

    Faz sentido.

  • renata vasconcellos

    I just ride!!.. ,foi a unica coisa que passou na minha cabeça na sena do carro,rsrsrs
    Muito Bom,bem que podia ser verdade ,kk

  • gabi santos

    eu sempre pensei isso cara, desde a primeira vez que vi a lana, eu gosto de maysa a 6 anos e qnd ouvi lana pela primeira vez e comecei a reparar nela, de cara disse que ela era reencarnação da maysa akbddksbs que demais

  • Karol Vale

    Duas divas! <3

TOPO