TEXTOS | Party Girl

por / terça-feira, 08 outubro 2013 / Publicado emColunas, Textos

party-girl

“Você diz que me quer. Eu sei. Mas faz com que eu fique te esperando. O que é tão importante assim? Meu drink está quase no fim e você ainda não está aqui.

Está tocando nossa música preferida, e eu quero dançar. Mas você está ocupado com o seu joguinho e meu copo está vazio. Porque você dá tanta importância ao que vão pensar? Eu só quero dançar com você.

Deixe todos de lado, venha comigo, eu quero ver tudo que você tem para mostrar. Eu não me importo com o que os outros pensem, você também deveria ser assim. Somos eu e você, não você e eles.

Você pede para o garçom encher o copo de novo, Appletini, você sabe que é meu preferido. Você olha para mim, eu sei que você me quer, mas espero que no fundo você saiba que eu só quero brincar.

Quero aproveitar essa noite, essas luzes brilhantes, a música alta, as taças sempre cheias, a sua camisa branca impecavelmente limpa.

E nós vamos nos divertir essa noite, eu te garanto. Me puxa pela cintura, me abraça forte. Finge que não tem amanhã, já que amanhã nem lembrarei do seu nome.

Eu procuro aventuras, você não?

E você me beija enquanto toca The Smiths, é tão clichê, não é? Você está se divertindo tanto quanto eu? Espero que sim, pois quando o dia clarear, seremos apenas dois desconhecidos.

Você provavelmente ouviu os boatos de que eu não quero ninguém, mas mesmo assim você está aqui. É isso o que você quer?

Diversão? Pois isso posso te garantir.

Vou te levar num lugar escondido, podemos fazer coisas proibidas…Afinal, é noite e ninguém pode nos ver.

Não olhe no fundo dos meus olhos, são cheios de mentiras, porém eu te garanto que essa noite vai valer a pena. Todas as bebidas que eu fiz com que você pagasse vão valer a pena. Eu vou te recompensar e você sabe disso.

Vamos dançar juntinhos, e beber um pouco mais, até você não saber o que é certo e o que é errado, e parar de fingir que é bom.

Seja mau, só por hoje. Aqui, beba mais uma cerveja.

Me dê a sua mão, podemos ir até a chapelaria, ficaremos atrás do armário e ninguém vai nos achar. A música está muito alta e todos estão muito bêbados, ninguém vai nos procurar. Vem aqui comigo.

Você sabe que me quer, por isso, quando te beijo, seus corpo fica arrepiado,tentamos colocar dois corpos no mesmo espaço mesmo sendo impossível, o lugar está cada vez mais quente; você diz que é errado mas não quer largar. Seu corpo está queimando e o meu também, está tudo bem, estamos apenas em uma festa e essa noite é apenas nossa e de mais ninguém.

Acha que eu estou caindo no seu jogo, que eu estou me apaixonando, mas está muito enganado. Quem me quer é você, eu só estou curtindo a noite e as músicas. Você quer me mostrar para todos, e tudo bem, contanto que você continue colocando Moet & Chandon’s em sua comanda.”

Texto inspirado em Party Girl, por Yeda Salomão

Clique aqui e confira a letra e tradução da canção.

Redação LDRA
Down on the west coast. They got a saying...
Tagged under: ,
TOPO