‘Eu queria um nome que eu pudesse combinar com as minhas canções’, confira a entrevista feita pela Vogue britânica

por / quinta-feira, 20 outubro 2011 / Publicado emEntrevistas

Vogue UK 2011

 

Lana Del Rey está na boca de todo mundo: os ingressos para sua primeira apresentação no Reino Unido foram esgotados em treze minutos; Christopher Kane e Emilio de la Morena escolheram sua música para acompanhar os seus desfiles durante a primavera e o verão de 2012; e seu primeiro single, lindamente assombroso, Video Games, já tem mais de dois milhões de acessos no YouTube, apesar de ter sido lançado somente esta semana.

Eu não sabia sobre os desfiles de moda” ela nos disse. “Mas eu acho que eles escolheram Video Games porque ele incorpora a tristeza do verão. A moda é inspirada pela juventude e pela nostalgia e inspirações das melhores coisas do passado. Eu acho que tanto a música como as coleções tocam no lado bom e ruim da vida”.

Apesar do seu som melancólico (descrito pela cantora como “sadcore Hollywood”), a americana Del Rey tem suas inspirações em Elvis, Eminem, Frank Sinatra e Diamanda Galas. Ela admite que sua ascensão ao estrelato musical foi quase acidental.

Eu estava sempre cantando, mas não tinha planos de levar isso a sério” disse ela. “Quando eu fui para Nova Iorque, eu tinha dezoito anos, eu comecei a cantar nos clubes do Brooklyn – tenho bons amigos e fãs devotos na cena underground, mas nós estávamos apenas cantando para nós mesmos, e era somente isso”.

Com marcas famosas como Chanel e Versace, e inspirado por Sophia Loren e Johnny Blue Eyes, Lana criou um estilo individual para si mesma – que ela chama de “Ghetto Monegasco”. Seu cabelo bufante e cílios de boneca se uniram com correntes de ouro e camisas vintage que se tornaram sua marca registrada. Com o nome de Lizzy Grant, a cantora sabe muito bem como quer ser vista – seu nome artístico é outra maneira de refletir sua identidade musical.

Eu queria um nome que eu pudesse combinar com as minhas canções” explicou ela. “Eu estava indo várias vezes para Miami, falando muito espanhol com meus amigos de Cuba – Lana Del Rey nos lembrou do glamour do litoral. Soava lindo o modo como saia de nossas bocas”.

 

Traduzido por Hallem Anderson

 

Veja também as fotos feitas pela Nicole Nodland para a entrevista em nossa galeria.


Redação LDRA
Down on the west coast. They got a saying...
TOPO